Colombiano nomeado diretor do BM para Eritreia, Quénia, Uganda e Rwanda

Nairobi, Quénia (PANA) - O economista colombiano Felipe Jaramillo foi nomeado diretor do Banco Mundial (BM) para a Eritreia, Quénia, Rwanda e Uganda, indica um comunicado da instituição financeira internacional sediada em Washington.

A nota do BM distribuída terça-feira precisa que esta nomeação tem efeitos desde 1 de julho de 2018.

Jaramillo are até então o diretor principal do departamento do BM de Macroeconomia, Comércio e  Investimento (MTI) onde dirigia uma equipa internacional de mais de 450 economistas.

Ele sucede a Diarietou Gaye, uma Senegalesa que foi nomeada diretora do Banco Mundial da Estratégia e Operações para a Região África.

Desde que se juntou ao Banco Mundial em 2002, Jaramillo cumpriu igualmente dois mandatos enquanto diretor de país na América Latina e na Região Caraíbas.

Antes do Banco Mundial, Jaramillo serviu na função pública colombiana onde ocupou cargos no Ministério das Finanças, no Banco Central e no Ministério do Comércio.

Sob a sua direção, o Banco Mundial vai continuar a apoiar o crescimento inclusivo e a redução da pobreza através duma ampla gama de produtos financeiros e de assistência técnica, refere a nota.

Titular de um PhD em Economia do Desenvolvimento da Universidade de Standford, Jaramillo vai supervisionar uma pasta operacional de mais de 80 projetos que representam um investimento total de mais de 12 milhões de dólares americanos para ajudar os países a partilhar e aplicar soluções e um conhecimento inovador face aos desafios a ultrapassar.

-0- PANA DJ/VAO/FJG/IS/MAR/IZ 24jul2018

24 Julho 2018 19:31:03




xhtml CSS