Clube togolês de Sémassi FC sancionado por indisciplina

Lomé, Togo (PANA) – O clube Sémassi do Togo, atualmente na quinta posição da classificação geral do Campeonato Nacional de futebol, é objeto de várias sanções disciplinares na sequência dos incidentes ocorridos durante um jogo disputado em dezembro último no seu estádio em Sokodé, província central do país, indica a Federação Togolesa de Futebol (FTF).

Segundo as decisões da Comissão de Disciplina da FTF, a que a PANA teve acesso quarta-feira, o clube de Sokodé, Sémassi FC, foi « condenado a uma multa de 300 mil francos CFA (quase 600 dólares americanos) por invasão de campo » durante o jogo disputado a 30 de dezembro último contra o seu similar de Dyto de Lomé.

Além da multa, a equipa tem um jogo de proibição de estádio, nomeadamente o estádio municipal de Sokodé.

O seu treinador, Adekanmi Olufadé, antigo futebolista internacional togolês na Bélgica, está suspenso por um jogo de proibição de banco dos jogadores e de vestiário.

O jogador Okpodo Fabrice Nenié foi condenado a dois anos de suspensão efetiva ao passo que o seu colega, Victor Chukwu, tem um jogo de suspensão efetiva.

Estas decisões, sublinha por outro lado a FTF, são suscetíveis de recurso pelas partes que o desejem num prazo de 10 dias.

A FTF, que quer lutar contra a violência nos estádios, pretende não fechar olhos sobre estes comportamentos.

-0-PANA FAA/BEH/SOC/FK/DD 1fev2018

01 Fevereiro 2018 11:51:14


xhtml CSS