Cinco Cabo-verdianos cursam Medicina na Venezuela

Praia- Cabo Verde (PANA) -- Cinco Cabo-verdianos figuram entre os 107 estudantes africanos chegados terça-feira a Caracas, capital da Venezuela, para frequentarem a Escola Latino-americana de Medicina Integral deste país da América Latina, apurou a PANA quinta-feira de fonte bem informada.
Além dos Cabo-verdianos, essa escola de Medicina da Venezuela irá formar também jovens do Quénia, da Nigéria, da Guiné-Bissau, da Serra Leoa e da República Árabe Sarauí Democrática, de acordo com o jornal on-line "visaonews.
com".
Esses estudantes são bolseiros da Alianza Bolivariana para los Pueblos de Nuestra América (Alba), um programa do Ministério do Poder Popular para Ciência e Tecnologia e Industrias Ligeiras, através da organização Fundayacucho.
O vice-ministro das Relações Exteriores para África, Reinaldo Bolívar, anunciou que, em Setembro, o país acolherá outros alunos provenientes de São Tomé e Príncipe, Níger, República Centro-Africana, Senegal, Seicheles, Namíbia e Líbia.

13 Maio 2010 11:42:00


xhtml CSS