Cidade de Lusaka em alerta máximo devido a casos de cólera

Lusaka, Zâmbia (PANA) – A cidade capital da Zâmbia, Luasaka, está em alerta máximo devido a 11 casos de cólera registados no local, indica o jornal Times of Zambia, citando o ministério zambiano da Saúde.

Segundo Times of Zambia, que cita o ministro da Saúde, Chilatu Chilufya, esta segunda-feira, foram assinalados novos casos de cólera em Lusaka, o que eleva o número de 9 a 11.

"Lusaka está em alerta máximo face à cólera. Temos uma epidemia confirmada de cólera no bairro sito na zona de Chipata. Até agora, temos 11 casos de que cuidamos, dos quais seis receberam alta hospitalar e cinco estão ainda sob tratamento e o seu estado está estável. Não há falecimentos", assegurou o governante.

"Temos dois casos confirmados de "vibrio cholerae" (agente causador de cólera) no nosso laboratório e, neste momento, podemos confirmar o surgimento de uma epidemia de cólera numa zona de Lusaka,. Mas colocamos toda a cidade de Lusaka em alerta. Isto significa que o índice de suspeitas aumentou", acrescenta o ministro.

Segundo ele, as recolhas de amostras de água serão intensificadas em Lusaka, a educação e a sensibilização do público reforçadas e, para tal, o ministério trabalha em parceria com a Organização Mundial da Saúde

Para o ministro, a resposta à epidemia foi multissetorial e o Instituto Nacional para a Saúde Pública já desencadeou o programa que esta instituição está a levar a cabo em nome do ministério da Saúde.

-0- PANA MM/MANFB/TBM/CJB/DD 9out2017

09 Outubro 2017 14:02:09


xhtml CSS