CIP-UEMOA pede a Laurent Gbagbo para reconhecer veredito das urnas

Bamako, Mali (PANA) – O Comité Interparlamentar da União Económica e Monetária Oeste-Africana (CIP-UEMOA), reunido em Bamako, pediu ao Presidente cessante da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo, que reconheça o veredito das urnas e instou os dois protagonistas da crise ivoiriense à moderação, a fim de evitar uma guerra civil na Côte d'Ivoire.

Numa das suas recomendações divulgadas no termo da sua 27ª sessão, o CIP-UEMOA exortou o povo ivoiriense à reconciliação, a fim de que ele possa recuperar a sua estabilidade do passado.

A 27ª sessão do CIP-UEMOA, um órgão consultivo da UEMOA visando a construção dum espaço económico viável na sub-região, orientou os seus trabalhos para a aceleração do processo de aplicação das ações previstas pelo programa de transição fiscal, o acompanhamento e a aplicação das reformas comunitárias, com vista a preservar um clima de paz na sub-região e promover o seu desenvolvimento económico e financeiro.

Ela procedeu igualmente à eleição do deputado togolês, Dama Dramani, à frente do CIP-UEMOA, em substituição do Maliano Oundé Touléma.

Por outro lado, os membros do CIP-UEMOA aproveitaram esta oportunidade para felicitar as autoridades nigerinas pelo êxito das eleições e pela calma que acompanhou a proclamação dos resultados.

A UEMOA agrupa o Benin, o Burkina Faso, a Côte d'Ivoire, a Guiné-Bissau, o Mali, o Níger, o Senegal e o Togo.

-0– PANA GT/SSB/FK/IZ 06abril2011



06 Abril 2011 16:20:17




xhtml CSS