CICV facilita regresso de 10 trabalhadores humanitários ao Sudão do Sul

Abidjan, Côte d'Ivoire  (PANA) - Dez trabalhadores humanitários do Sudão do Sul, sequestrados por homens armados na semana passada, regressaram segunda-feira a Juba, a capital do Sudão do Sul, sob os bons ofícios do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV), indica um comunicado da referida organização baseada na Suíça.

O pequeno grupo de trabalhadores humanitários foi transportado a bordo dum avião do CICV de Yei até Juba.

"O CICV tem uma grande experiência como intermediário neutro em tais situações. Estamos contentes que essas pessoas possam agora voltar à casa e reencontrar-se com as suas famílias", sublinhou o chefe da delegação da instituição no Sudão do Sul, François Stamm.

O CICV declara não ter participado nas negociações mas que obteve o acordo de todas as partes envolvidas antes de transportar os trabalhadores humanitários libertados.

Sublinhou que nenhum dos reféns resgatados foi empregado pelo CICV.

"Acolhemos evidentemente esta libertação com alívio, mas temos que lembrar a todas as partes em conflito que o pessoal humanitário nunca deve ser tomado como alvo", concluiu Stamm.

-0- PANA BAL/BEH/IBA/DIM/DD 01maio2018

01 Maio 2018 11:42:43


xhtml CSS