CICV distribui ajuda alimentar a 60 mil pessoas afetadas por seca na Somália

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA)   - O Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e a Sociedade da Cruz Vermelha da Somália iniciaram uma operação de distribuição de ajuda alimentar a quase 60 mil pessoas afetadas pela seca no norte da Somália, indica um comunicado transmitido este fim de semana à PANA.

Esta ajuda alimentar, que  comporta arroz, feijão, cereais e óleos vegetais,  é  distribuída em Bari, Nugaal, Sool e Sanaag, numa operação que vai durar um mês em previsão da estação das chuvas situada entre abril e junho.

Para o chefe da Delegação do CICV na Somália , Jordi Raich Curco, esta assistência vai ajudar várias comunidades afetadas pela seca  e pelas penúrias alimentares que tornaram a situação muito difícil para uma população  que já vive num país em conflito.

O responsável do Projeto Água do CICV  na Somália, Fernando Resta, sublinhou que com a  estação seca que foi muito dura, a água das torneiras é vendida mais cara do que habitualmente. Assim, a distribuição de víveres vai oferecer a possibilidade às famílias de gastar menos dinheiro na aquisição de  alimentos para poder comprar a água facilmente.

A Somália está confrontada cada ano com a seca que esgota os cursos de água. Os furos de água tornaram-se  nas únicas  fontes de abastecimento de água  às quais as populações consagram os seus recursos limitados para a sua utilização.

Desde 2014, o CICV construiu 11 furos, cavou 10 poços e instalou 20 zonas de recolha de água das chuvas nas províncias afetadas pela seca. Em 2015, sete mil 800 pessoas receberam um total de 23 mil  plantas de palmeira tamareira para apoiar o comércio agrícola.

-0- PANA BAL/TBM/SOC/FK/IZ 16abril2016

17 Abril 2016 08:23:32


xhtml CSS