Chissano apela China a tranferir tecnologia para África

Shanghai- China (PANA) -- O Presidente moçambicano, Joaquim Chissano, disse sexta-feira estar convencido de que a China vai tranferir a sua tecnologia moderna para Moçambique e outros países africanos para acelerar o seu desenvolvimento.
Falando durante uma visita a Shanghai, a cidade chinesa mais avançada em termos de tecnologia, Chissano disse que estava certo de que a China estava disposta a partilhar as suas tecnologias, dada a sua longa tradição como um país que se preocupa com o bem- estar dos outros povos.
Chissano citou a assistência que a China deu a Moçambique durante a luta armada para o derrube do colonialismo português.
"Ficamos satisfeitos quando vemos estes avanços tecnológicos na China, porque estamos certos de que nós em África vamos também tirar benefício deles", sublinhou o líder moçambicano no final da sua visita de 6 dias à China.
Chissano apelou as autoridades chinesas a aumentarem o número de bolsas oferecidas aos moçambicanos, sobretudo no domíno da arquitectura, para que um dia Moçambique possa construir cidades tão modernas como as que viu na China "onde é um prazer trabalhar e viver".
O Presidente moçambicano ressaltou que o seu país tem muito a oferecer aos empresários chineses que pretendam investir em Moçambique, tendo citado a abundância de terras aráveis e os recursos minerais, muitos dos quais carecem de pesquisa e exploração.

09 Abril 2004 19:33:00


xhtml CSS