Chefe de diplomacia tunisina em reunião tripartida sobre crise na Líbia

Túnis, Tunísia (PANA) – O ministro tunisino dos Negócios Estrangeiros, Khaemnes Jhinaoui, é esperado segunda-feira em Argel, na Argélia, para participar numa reunião ministerial tripartida  sobre a Líbia, anunciou o Ministério tunisino dos Negócios Estrangeiros num comunicado.

Jhinaoui junta-se aos seus homólogos da Argélia, AbdelKader Messahel, e do Egito, Sameh Chokri, neste encontro tripartido, inscrito no quadro "das concertações contínuas entre os três países sobre a situação prevalecente na Líbia", lê-se no comunicado.

Nesta ocasião, os chefes de diplomacia "passarão em revista os recentes desenvolvimentos ocorridos na Líbia, desde a última reunião realizada a 17 de dezembro de 2017, em Túnis, nomeadamente nos planos político e de segurança".

Eles examinarão «as vias e os meios de consolidação dos esforços dos seus países no sentido de contribuírem para a aceleração do processo de resolução da crise no quadro do acompanhamento dos Líbios pela via do diálogo e da reconciliação", indica a nota.

Desde a declaração de Túnis sobre "o apoio a uma solução inclusiva na Líbia", assinada a 20 de fevereiro de 2017, em Argel,  e que veio concretizar uma iniciativa proposta em janeiro do mesmo ano pelo Presidente tunisino, Béji Caïd Essebsi, decorreram três reuniões consultivas dos chefes de diplomacia dos três países, precisamente em Argel, em junho de 2017, no Cairo (Egito), em novembro de 2017, e em Túnis em dezembro do mesmo ano.

O Presidente tunisino afirmou no termo da assinatura da declaração que "a iniciativa visa ajudar e encorajar as diferentes partes líbias no diálogo a chegarem a um consenso tão almejado, ao serviço do interesse da Líbia, da Tunísia e de todos os países vizinhos".

-0- PANA YY/IN/TBM/IBA/FK/DD 21maio2018

21 Maio 2018 13:34:35


xhtml CSS