Chefe da oposição exige mesa redonda de atores políticos sobre crise no Congo

Brazzaville, Congo (PANA) - O novo chefe da oposição congolesa, Pascal Tsaty-Mabiala, propôs a organização de uma mesa redonda sobre a crise no departamento de Pool, no sul do país, para estabelecer as causas reais das crises políticas repetitivas nesta parte do Congo, anunciou quarta-feira a rádio pública.

"É preciso organizar uma mesa redonda sobre o Pool para estabelecer as causas reais das crises políticas nesta parte do país. Todos os regimes que se sucederam no Congo, desde o primeiro Presidente Youlou, tiveram problemas com este departamento. É tempo de se sentar à mesa para ver o que ocasionou o sindroma de guerra", afirmou Tsaty Mabiala.

Pimeiro secretário do principal partido da oposição, a União Pan-africana para a Democracia Social (UPADS), Mabiala sugeriu, nomeadamente, o regresso a Brazzaville "como homem livre"  do ex-chefe rebelde, Fréderic Bintsamou, mais conhecido por pastor Ntumi, para falar com ele da reconstrução do departamento do Pool, destruído pelas guerras repetitivas.

-0- PANA MB/JSG/MAR/IZ 31jan2018

31 Janeiro 2018 12:06:55


xhtml CSS