Chefe da junta mauritana visita Líbia

Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- O chefe de Estado mauritano, o general Mohamed Ould Abdel Aziz, parte esta terça-feira para Tripoli, em resposta a um convite do guia líbio Muamar Kadafi, presidente em exercício da União Africana (UA) e medianeiro na crise política e institucional prevalecente na Mauritânia, soube a PANA de fontes oficiais.
A visita do chefe da junta mauritana a Tripoli está relacionada com a vontade do líder líbio de encontrar uma solução consensual de saída de crise entre os protagonistas mauritanos, nomeadamente o poder militar saído do golpe de Estado de 6 de Agosto de 2008 e os seus apoiantes, e a Frente Nacional para a Defesa da Democracia (FNDD), aliança que agrupa 13 partidos políticos opostos ao golpe de Estado.
Por seu turno, a Coligação das Forças Democráticas (RFD), principal formação da oposição durante o regime derrubado, rejeita o restabelecimento do Presidente deposto, Sidi Mohamed Ould Cheikh Abdallahi, nas suas funções, e a candidatura dos militares às eleições presidenciais.
Uma reunião do Grupo de Contacto Internacional sobre a Mauritânia (GCIM) organizada sexta-feira passada em Paris recomendou a abertura dum diálogo nacional sob a égide da Líbia.
Depois do chefe da junta, o presidente em exercício da UA deverá reunir-se com os outros protagonistas, dos quais o Presidente derrubado, Sidi Mohamed Ould Cheikh Abdallahi, e o líder da RFD, Ahmed Ould Daddah.

25 Fevereiro 2009 11:04:00




xhtml CSS