Chefe da diplomacia angolana na cimeira da UA em Nouakchott

Nouakchott, Mauritãnia (PANA) – O ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto, é esperado em Nouakchott, este sábado, para participar na 31ª cimeira da União Africana (UA) de 1 a 2 de julho próximo, anuncia uma nota oficial.

A conferência tem o seu início  agendado para as 12:00 horas locais e TMG de domingo, 01 de julho, logo após uma sessão de trabalhos à porta fechada que juntará os presidentes e secretários executivos dos distintos órgãos da UA, segundo a nota distribuída à imprensa pelo Ministério angolano das Relações Exteriores.

O documento refere que esta 31ª sessão ordinária dos chefes de Estado e de Governo da UA “vai analisar essencialmente matérias ligadas à paz e à segurança no continente, ao combate à corrupção e ao orçamento da organização”, entre outras questões.

Para preparar a agenda do encontro, estiveram reunidos, em Nouakchott, o Conselho Executivo da UA, na sua 33ª sessão ordinária iniciada a 28 de Junho corrente, e o Comité de Representantes Permanentes (COREP), que realizou a sua 36ª reunião ordinária de 25 a 27 do mesmo mês.

O Conselho Executivo é integrado pelos responsáveis pela diplomacia dos países-membros da UA, e Angola fez-se representar na reunião deste órgão pelo seu secretário de Estado das Relações Exteriores, Teté António.

Por seu turno, o COREP agrupa os embaixadores ou representantes africanos acreditados junto da UA na sua sede, em Addis Abeba, na Etiópia.

Os chefes de Estado vão ainda analisar o projeto de reformas institucionais na organização com base num relatório a ser apresentado pelo Presidente rwandês, Paul Kagamé.

Vão igualmente avaliar o processo da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), partindo de um relatório preparado pelo chefe de Estado do Níger, Mahamadou Issoufou, enquanto coordenador das iniciativas para lançamento da ZCLCA, a 21 de março deste ano, na capital rwandesa, Kigali.

Por seu turno, o presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, apresentará os seus relatórios sobre a Questão do Sara Ocidental e sobre a posição comum africana relativa ao grupo ACP pós-2020.

Antes de passar às tradicionais discussões à porta fechada, a sessão será marcada pela apresentação do tema da cimeira (Vencer a luta contra a corrupção: uma via sustentável para a transformação de África).

Esta apresentação estará a cargo do estadista nigeriano, Muhammadu Buhari, proponente do que foi adotado como tema da UA para o ano 2018.

O secretário-geral da Liga dos Estados Árabes, Ahmed Aboul Gheit; o Secretário-Geral da ONU, António Guterres; bem como Mahmmoud Abbas, Presidente do Estado da Palestina, estão entre os convidados que também intervirão na cerimónia de abertura.

-0- PANA 30junho2018

30 Junho 2018 17:40:07


xhtml CSS