Cerca de três mil casos de violências sexuais relatados em 2014 no nordeste da RD Congo

Kinshasa, RD Congo (PANA) - Cerca de dois mil 900 casos de violências sexuais  baseadas  no género foram denunciados em 2014 em seis territórios dos 24 que conta a Província Oriental, no nordeste da República Democrática do Congo (RDC).

Esta revelação foi feita quarta-feira última pelo porta-voz do Escritório da Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), Yvon Edoumou, durante uma  conferência de imprensa semanal da Organização das Nações Unidas (ONU).

Segundo Edoumou, 91 porcento dos casos foram registados no distrito de Ituri, enquanto outros ocorreram  nos distritos do Baixo e Alto Uélé.

Os autores desses atos são  principalmente civis (75 porcento), seguidos por milícias e grupos armados (18 porcento),bem como por agentes de Polícia (7 porcento), informou.

Mais de 60 porcento das vítimas não têm acesso aos cuidados médicos por causa nomeadamente da falta de apoio financeiro, enquanto que 95 porcento não beneficiaram da assistência judiciária, acrescentou o porta-voz do OCHA, frisando que a impunidade é um dos fatores que favorece,o fenómeno.

Graças a um financiamento do Governo canadiano, seis unidades de saúde, sobre 36 zonas de saúde de Ituri,  beneficiaram dum  apoio. Os atores na luta contra as violências sexuais  baseadas no género precisam de  financiamentos adicionais para o atendimento das vítimas, concliu.

-0- PANA KON/IS/DIM/DD O9abril2015

09 avril 2015 10:53:19


xhtml CSS