Candidatos derrotados felicitam nova líder do partido no poder em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) – Os dois candidatos derrotados nas eleições diretas para a escolha do novo líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), felicitaram esta segunda-feira a vencedora do escrutínio, Janira Hopffer Almada, desejando-lhe êxitos nas suas novas funções.

Os dois candidatos prometeram a Janira Almada trabalhar para que o PAICV saia vitorioso nos próximos embates eleitorais que terão lugar no arquipélago em 2016.

Numa primeira reação aos resultados, que dão a  Janira Hopffer Almada como vencedora logo na primeira volta com 51,24 porcento dos votos, Felisberto Vieira, que alcançou 40,31 porcento, cumprimentou a nova líder do PAICV e desejou “boa mão” na condução do partido.

“Queria cumprimentar Janira Hopffer Almada, tendo em conta que os dados provisórios disponíveis apontam para a sua vitória", afirmou o atual líder parlamentar, sublinhando ser “com a naturalidade de militante e membro fundador do PAICV” que aceita os resultados eleitorais.

No entanto, Felisberto Vieira mostrou-se preocupado com a “elevada taxa de abstenção” (mais de 50 porcento) registada neste escrutínio, o que considerou um fenómeno "muito crítico".

É que, segundo ele, “milhares de militantes, muitos deles de cartão passado”, não puderam votar por os seus nomes não constarem dos cadernos eleitorais, facto que “não pode jamais acontecer”.

Lembrou que “o processo de definição dos órgãos dirigentes do PAICV e das ideias do partido para o futuro ainda não terminou, pois falta ainda a eleição dos demais órgãos, o que acontecerá no Congresso” a ter lugar no início do próximo ano.

A outra candidata derrotada, Cristina Fontes Lima, que obteve apenas 8,45 porcento dos votos,  felicitou também a sua adversária vencedora, sublinhando que, a partir de agora, "todos devem inclinar-se perante a vontade dos militantes, reforçar o partido e concentrar as forças para vencer as eleições em 2016".

Atual ministra-adjunta e da Saúde, Cristina Lima defende ainda que os militantes do PAICV devem analisar os resultados destas eleições internas e tirar todas as conclusões, mas sem beliscar o partido.

Por sua vez, a candidata eleita este domingo para substituir José Maria Neves na liderança do PAICV manifestou o seu respeito pelos candidatos que com ela disputaram o cargo,  e pediu-lhes que juntassem os braços e alinhassem as propostas em prol de uma maior coesão dentro do partido, rumo às vitórias nas eleições de 2016.

Janira Hopffer Almada, 35 anos,  é licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (Portugal), com pós-graduação em Direito das Empresas, tendo sido também docente na Universidade Jean Piaget de Cabo Verde entre 2003 e 2006.

É igualmente membro do Conselho Consultivo da Ordem dos Advogados de Cabo Verde, e representante da mesma Ordem no Conselho Consultivo da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde.

Entrou para o Governo liderado por José Maria Neves, em 2009, com apenas 29 anos, ocupando inicialmente a pasta de ministra da Presidência do Conselho de Ministros e dos Assentos Parlamentares.

A nova líder do partido no poder em Cabo Verde, desde 2001, é filha do advogado David Hopffer Almada, antigo ministro da Justiça e da Informação, Cultura e Desportos, nos governos do PAICV, antes da abertura política em 1991.

-0- PANA CS/IZ 15dez2914

15 Dezembro 2014 17:23:39


xhtml CSS