Canadá investe $ 1,1 bilião na saúde materna e infantil em África

Kampala- Uganda (PANA) -- O Canadá vai contribuir com 1,1 bilhão de dólares americanos para a saúde materna e infantil em África, anunciou sábado, em Kampala, o ministro de Estado canadiano dos Negócios Estrangeiros, Peter Kent.
80 porcento deste montante global serão entregues aos países da África Subsariana, precisou Kent na abertura da 23ª Conferência dos chefes de Estado e de Governo membros do Comité de Orientação da NEPAD (Nova Parceria para o Desenvolvimento de África).
A saúde materna e infantil figura num bom lugar na agenda da 15ª cimeira dos chefes de Estado e de Governo membros da União Africana (UA) que se iniciará domingo próximo em Kampala.
"Pensamos que esta iniciativa vai desempenhar um papel considerável no plano de ação comum para a saúde das mulheres e das crianças elaborado pelo Secretário-Geral das Nações Unidas (Ban Ki-moon), que estará presente na reunião de alto nível das Nações Unidas sobre os Objectivos de Desenvolvimento para o Milénio em Setembro de 2010 e que vai contribuir igualmente para a campanha da União Africana para a redução acelerada da mortalidade materna em África", sublinhou o diplomata canadiano.
A conferência, cujos trabalhos à porta fechada findam neste sábado, foi aberta pelo primeiro-ministro etíope, Meles Zenawi, na presença de outros chefes de Estado, nomeadamente Bingu Wa Mutharika do Malawi, Presidente do Malawi e Presidente em exercício da União Africana (UA).

24 Julho 2010 13:02:00




xhtml CSS