Campanha contra veículos fumígenos nas Ilhas Maurícias

Port-Louis- Ilhas Maurícias (PANA) -- Uma campanha contra veículos fumígenos acaba de ser lançada com a instalação de vários postos de controlo em diferentes regiões sob a égide da Polícia do Ambiente, constatou a PANA no local.
O ministro do Ambiente, Rajesh Bhagwan, indicou à PANA domingo que 267 automobilistas foram autuados esta semana pela Polícia num espaço de 48 horas, devido ao fumo negro libertado pelos seus veículos.
Desde a entrada em vigor da Polícia do Ambiente em Dezembro de 2000, pelo menos 10.
500 condutores foram multados devido a este delito o que deu cerca de dois milhões de rupias (cerca de 72 mil dólares) aos cofres do Estado.
"Queremos que os maurícios estejam conscientes da necessidade de protegerem o seu ambiente", indicou.
Por outro lado, cerca de cinco mil pessoas foram multadas desde Dezembro de 2000 por terem deitado lixo na via pública.
No entanto, apesar de várias iniciativas do governo, a população maurícia parece não entender as implicações do ambiente.
Muitos veículos fumígenos circulam em estradas e muitas pessoas desrespeitam a lei continuando a despejar lixos ao lado da estrada, em campos ou terrenos abandonados.
Desde o ano transacto, os concelhos de distritos e de aldeias mandam limpar estes espaços exigindo custos aos proprietários dos mesmos.
Na ilha Rodrigue, a Polícia do ambiente processou 618 motoristas e 506 pessoas por terem deitado lixo na estrada, de Junho de 2002 a Julho de 2004.

12 Setembro 2004 14:56:00


xhtml CSS