Cadáver de leoa encontrado em reserva natural do Rwanda

Kigali, Rwanda (PANA) – O cadáver de um dos sete leões importados da África do Sul em julho último na Reserva Natural do Parque Nacional Akagera, no leste do Rwanda, acaba de ser  descoberto, confirmou quarta-feira o Governo rwandês no comunicado.

As autoridades rwandesas suspeitam que a leoa tenha sucumbido aos ferimentos sofridos quando estava a ser caçada sozinha, lê-se no comunicado.

« Estamos muito tristes por anunciar a morte de Garuka (o nome da leoa morta)…trazida para AKagera Rwanda em 2015, declarou o comunicado.

Foram colocados, em 2015, na Reserva Natural  o Parque Nacional Akagera cinco leoas oferecidas pela reserva privada Beyond Phinda e dois leões oferecidos pela reserva de elefantes de Tembe.

Responsáveis rwandeses exprimiram a esperança de que o regresso dos leões ao parque favoreça o equilíbrio natural do ecossistema.

O parque, criado em 1934,  ao longo  da  fronteira entre o Rwanda e a Tanzânia, possui várias espécies selvagens das quais elefantes, leões, girafas, leopardos, gazelas, zebras, serpentes, crocodilos e panteras, indica-se na nota.

-0- PANA TWA/MA/AKA/IS/DD 17nov2016

17 Novembro 2016 07:38:14


xhtml CSS