Cabo-verdiana nomeada diretora-geral adjunta da FAO

Praia, Cabo Verde (PANA) – A Cabo-verdiana Helena Semedo foi designada diretora-geral adjunta da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), durante a 146.ª sessão do seu Conselho que decorre na sua sede em Roma, soube a PANA, segunda-feira, de fonte segura.

Helena Semedo,  que era desde 2009 assistente do diretor-geral da organização e representante da FAO para África, começou a trabalhar na instituição em 2003 na delegação em Niamey (Níger).

No concurso para preencher o cargo de diretora-geral adjunta da FAO foram enviadas 101 candidaturas (71 homens e 30 mulheres), tendo 25 passado à segunda fase e quatro à terceira e última,  com a escolha recair na pessoa de Helena Semedo.

A FAO justifica a promoção de  Helena Semedo, licenciada em Economia pelo Instituto Superior de Economia de Lisboa, pelo seu papel de liderança na renovação e no reforço do apoio aos programas de segurança alimentar nos países africanos.

De acordo com o diretor-geral da FAO, o Brasileiro José Graziano da Silva, a promoção da economista cabo-verdiana deve-se também à sua experiência ministerial ligada à pesca, ao mar, à agricultura e aos recursos naturais.

"No processo de seleção para o cargo, a FAO procurava uma personalidade com um bom conhecimento técnico e com visão. A experiência no terreno foi considerada uma mais-valia, bem como a colaboração e experiência regionais", explicou Graziano da Silva.

Em Cabo Verde,  onde Helena Semedo começou  a sua carreia profissional em 1984, trabalhando em diversos departamentos do Estado. Ela entrou para o Governo liderado pelo Movimento para a Democracia (MpD) em 1991 como secretária de Estado e, posteriormente, como ministra responsável pelas pastas ligadas à pesca, ao mar,  à agricultura e aos recursos naturais.

O Ministério das Relações Exteriores (MIREX)  de Cabo Verde  considerou, esta segunda-feira, a promoção de Helena Semedo ao cargo de diretora-geral adjunta da FAO como uma "grande honra" para o país.

Numa nota, o MIREX destaca os importantes cargos que a economista ocupou na sub-região ao serviço da FAO.

-0- PANA  CS/TON 23abril2013




22 Abril 2013 22:48:25


xhtml CSS