Cabo Verde vacina 95 porcento das crianças contra poliomielite

Praia, Cabo Verde (PANA) – Mais de 95 porcento das crianças cabo-verdianas com idade inferior a cinco anos foram vacinadas durante a primeira fase da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite em Cabo Verde, que decorreu de 25 a 28 de março passado, apurou a PANA sexta-feira, na cidade da Praia, de fonte sanitária.

Nos quatro dias da campanha, foram vacinadas 50 mil 291 das 52 mil 702 crianças registadas no arquipélago, o que corresponde a 95,41 por cento.

A campanha faz parte do Programa Alargado de Vacinação (PAV) e integra-se num calendário estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a vacinação contra a poliomielite, que decorreu simultaneamente em 15 países da África Ocidental.

Segundo a coordenadora da operação, a médica Yorleydis Rosabal, o principal objetivo é “interromper a circulação do Poliovírus Selvagem”, que está a grassar em países da África Ocidental, sobretudo no Senegal, na Gâmbia e na Guiné-Bissau, a partir dos quais "existe um fluxo importante de pessoas com destino a Cabo Verde".

As crianças devem ser vacinadas pelo menos nove vezes, entre vacinas de rotina e das próprias campanhas, para que o espectro da doença possa ser afastado definitivamente.

A segunda fase da campanha decorrerá entre 26 e 29 de Abril próximo.

A poliomielite pode ser mortal e é uma doença viral infeto-contagiosa grave, manifestando-se de diferentes maneiras, com sintomas e sinais como febre; infeções como meningites, e paralisia.

A única forma de acabar com a paralisia infantil é através da higiene, saneamento do meio e vacinação completa, segundo informações da OMS.

Em Cabo Verde, a última epidemia da poliomielite aconteceu em 2000 e, desde então, as autoridades sanitárias locais têm cumprido com a calendarização das vacinas, não havendo notificação de qualquer caso há sete anos.

-0- PANA CS/IZ 01abril2011

01 Abril 2011 19:49:06




xhtml CSS