Cabo Verde segundo país do mundo com maior número de mulheres no Governo

Praia, Cabo Verde (PANA) - Cabo Verde é o segundo país a nível mundial com o maior número de ministras em 2015, segundo o último relatório da União Interparlamentar (UIP), divulgado terça-feira, em Genebra (Suíça).

Com 52,9 porcento de participação feminina na composição do Executivo, o arquipélago é apenas ultrapassado pela Finlândia (62,5%), ocupando a Suécia (52,2%) a terceira posição.

Até janeiro de 2015, entre os 17 ministérios do Governo de Cabo Verde, nove eram dirigidos por mulheres, enquanto na Finlândia 10 dos 16 cargos de ministro são ocupados por mulheres.

Por sua vez, a Suécia contabiliza 12 ministras em 23 ministérios.

A UIP destaca também que, a nível regional, Cabo Verde é o país de África com o maior número de ministras, seguido pela África do Sul, com 41,7 porcento e pelo Rwanda com 35,5 porcento.

A nível mundial, 30 países contabilizam pelo menos 30 porcento de mulheres ministras em 2015, contra 36 países no ano precedente.

Segundo o relatório, as mulheres assumem geralmente pastas relacionadas com assuntos sociais, educação, família e assuntos femininos.

No mundo, há 19 mulheres presidentes, o maior número registado até hoje, e 15,8 porcento de mulheres ocupam o cargo de presidente de Parlamento.

"Se os dirigentes atuais se concentrarem na igualdade dos sexos, se começarem a cumprir as promessas feitas há 20 anos, a igualdade entre homens e mulheres poderá ser uma realidade em 2030", disse a diretora da ONU mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka.

Ela apelou igualmente para mais compromissos e novos investimentos no quadro do programa de Beijing para a emancipação das mulheres, adotado em 1995.

-0- PANA CS/IZ 11março2015

11 march 2015 16:37:31


xhtml CSS