Cabo Verde reduz tarifas de eletricidade e água

Praia, Cabo Verde (PANA) – As tarifas da eletricidade e da água, fornecidas tanto pela empresa pública Electra como pela sua congénere privada Água e Energias da Boa Vista (AEB), estão mais baratas desde à zero hora de quarta-feira, 01 de junho, com a entrada em vigor da nova tabela fixada pela Agência de Regulação Económica (ARE), apurou a PANA de fonte segura.

Conforme explica uma nota da ARE, a redução do preço destes dois bens essenciais, designadamente água e energia, em 18,4 porcento e 4,3 porcento, respetivamente, tem a ver com a variação dos custos dos combustíveis.

“Este novo tarifário levou em consideração o nível das perdas, dados operacionais da Electra, a variedade de combustíveis, os níveis de consumos específicos, o decréscimo de 2014 para 2015 e a comparticipação das energias renováveis”, indica a nota, acrescentado ainda que a nova tabela “reflete ainda a média dos preços de combustíveis das atualizações efetuadas nos meses de fevereiro e abril”.

Deste modo, as tarifas sem IVA (Imposto de Valor Acrescentado) da Eletricidade e Água da Electra sofreram uma redução de 4,87 escudos/kWh e 14,37 escudos/m3, respetivamente, representando uma redução de, em média, 18,4 porcento da tarifa de eletricidade e 4,3% de Água.

Com isso, o preço de eletricidade para os escalões de baixa tensão doméstica, até 60 KWh/mês, os consumidores vão pagar 21,44 escudos, acima dos 60 KWh/mês terão de desembolsar 29,33 escudos, sendo que estes preços já incluem o IVA.

A iluminação pública atinge uma baixa para 21,44 escudos.

A tarifa de água produzida pela Electra para o consumo doméstico fica nos 224, 66 escudos para os consumos abaixo das seis toneladas, 346,86 escudos entre os seis e os 10 metros cúbicos e 473,73 escudos quando ultrapassa 10 toneladas.

Para a indústria, o preço é de 412,39 escudos, para o turismo 544,56, enquanto a água de caráter social custa 252,49 escudos.

A tarifa para o comércio e serviços fica nos 432,13 (até 20 metros cúbicos) e 510,03 (quando for superior a 20 metros cúbuicos).

A água de autotanque para abastecer hospitais, fontenários públicos, associações e instituições de caráter social sem fins lucrativos, é vendida por 255,02 escudos ao passo que a para outros fins custa 450,36 escudos.

Em relação à AEB, as tarifas sem IVA de Eletricidade e Água sofrem uma redução de 5,15 escudos/kWh e 26,56 escudos/m3, respectivamente, representando uma redução de, em média, 19,6 porcento na tarifa de Eletricidade e 5,8 porcento de água.

Para a eletricidade, os escalões de baixa tensão domésticos pagam 21,34 escudos para consumos até 60 kwh/mês e 29,23 escudos acima de 60 kw/h ao passo que os  de baixa tensão especial desembolsam 24,80 escudos, a BTE – Lacacão 27,29 escudos, os de média tensão 19,83 escudos e a iluminação pública atinge o valor de 21,34 escudos.

Já a nível dos preços de água da AEB, o novo tarifário mostra que o escalão doméstico é 206,40 escudos por consumos até seis toneladas, 328,60 escudos entre seis a 10 toneladas e 455,47 escudos, quando superior a 10 metros cúbicos.

As indústrias, nomeadamente empresas, fábricas e oficinas, desembolsam 394,13 escudos e o turismo 526,30 escudos.

A água de caráter social custa 234,23 escudos, a para o comércio 413,82 escudos (até 20 metros cúbicos e 491,71 quando superior a 20 metros cúbicos), os autotanques 236,76 (social) e 432,10 escudos para outros fins.

-0- PANA CS/DD 02junho2016

02 Junho 2016 15:31:36


xhtml CSS