Cabo Verde realiza recenseamento agrícola

Praia, Cabo Verde (PANA) - Cabo Verde vai investir 4,9 milhões de euros para realizar o quinto Recenseamento Geral da Agricultura (V RGA) no país a partir de outubro próximo durante três meses, segundou fontes oficiais.

A ministra cabo-verdiana do Desenvolvimento Rural, Eva Ortet, que falava a jornalistas quinta-feira após o lançamento do projeto do RGA 2015, sublinhou que esse recenseamento é "estratégico" para Cabo Verde porque se trata da única operação estatística que permitirá ter informações fundamentais para conhecer a dinâmica do setor agrícola a nível nacional.

Além do recenseamento, a operação vai permitir implementar até 2017 a metodologia de seguimento contínuo de recolha de dados do setor agropecuário, acrescentou Eva Ortet.

"Temos a perceção de que todos os investimentos realizados no setor agrícola têm produzido efeitos. Temos estimativas de que há um aumento grande de produção, há diminuição dos preços, mas temos que medir esse impacto, temos que ter dados reais do setor e também poder avaliar qual é contribuição do setor agrícola no PIB (Produto Interno Bruto) nacional", precisou.

O quinto Recenseamento Agrícola em Cabo Verde, a ser coordenado pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), irá  envolver cerca de 500 pessoas entre agentes, supervisores e delegados Ministério do Desenvolvimento Rural nos diversos municípios do arquipélago.

Para o efeito, o INE está a desenvolver os aplicativos informáticos que vão dar suporte à recolha dos dados no arquipélago.

O primeiro recenseamento agrícola em Cabo Verde foi realizado durante o período colonial, em 1963, e os restantes  tiveram lugar em 1978, 1988 e 2005.

-0- PANA  CS/TON 14agosto2015


14 Agosto 2015 17:26:01


xhtml CSS