Cabo Verde promove debate sobre segurança alimentar e nutricional

Praia, Cabo Verde (PANA) – Uma conferência realiza-se esta quarta-feira na cidade da Praia sobre o lema "Os desafios de uma agenda pública para a segurança alimentar e nutricional em Cabo Verde”, sob a égide do Ministério da Agricultura e Ambiente, apurou a PANA de fonte segura.

Em nota de imprensa, o Governo explicou que, tendo em conta que a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) é uma “matéria abrangente e fundamental” para o desenvolvimento socioeconómico de qualquer país e tendo em consideração a alteração do xadrez político em Cabo Verde, “torna-se oportuna a divulgação do modelo organizacional e da estratégia da segurança alimentar e nutricional junto dos novos órgãos eleitos”.

Para Executivo cabo-verdiano, “só será possível assegurar a sustentabilidade baseada na justiça e inclusão social, se as políticas públicas de segurança alimentar e nutricional forem integradas nos setores da saúde, da educação, da agricultura, das pescas, do ambiente, do  trabalho, da proteção social, entre outros”.

A nota sublinha que a SAN tem sido considerada “prioritária” em Cabo Verde, como fazendo parte dos sucessivos programas do Governo.

O empreendimento, lê-se no documento, permite que várias medidas tenham sido materializadas no sentido de se garantir a disponibilidade alimentar, a estabilidade do mercado, o acesso aos alimentos de qualidade e a melhoria do estado nutricional da população.

A conferência, que a ser aberta pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, contará com a presença do representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em Cabo Verde, Remi Nono Wondim.

Wondim é um dos principais parceiros dos esforços que o arquipélago cabo-verdiano tem vindo a fazer para assegurar a sustentabilidade alimentar da sua população, de acordo com o comunicado.

-0- PANA CS/DD 18jan2017



18 Janeiro 2017 12:11:21


xhtml CSS