Cabo Verde preenche vaga na Comissão da CEDEAO

Praia, Cabo Verde (PANA) – Cabo Verde deverá indicar um comissário para integrar a Comissão da CEDEAO, que foi alargada de 12 para 15 na cimeira da organização sub-regional realizada entre 27 e 28 de fevereiro passado, em Yamoussoukro (Côte d’Ivoire),
anunciou o primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves.

O chefe do Governo cabo-verdiano, que confirmou a sua presença na próxima Cimeira da CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental) a realizar-se de 17 a 18 de julho próximo em Abuja (Nigéria), recordou que a proposta inicial para o alargamento da Comissão partiu de Cabo Verde.

A ideia desta expansão é permitir  que todos os países-membros possam estar representados no órgão executivo da organização sub-regional, explicou Neves durante uma conferência de imprensa sexta-feira na cidade da Praia.

Este foi um dos temas abordados por José Maria Neves no encontro que manteve à margem da V TICAD (quinta Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África), no Japão, com  o Presidente da Côte d’Ivoire e presidente em exercício da CEDEAO, Alassane Ouattara.

Na conferência de imprensa de sexta-feira, José Maria Neves recordou que, desde 2001, altura em que o arquipélago cabo-verdiano retomou a sua “participação forte” na CEDEAO, o seu Governo propôs o alargamento da Comissão da CEDEA e que, neste momento, a proposta já foi aprovada com a contribuição de todos os países.

“No momento próprio, Cabo Verde deverá indicar um comissário para integrar a Comissão da CEDEAO”, precisou.

O alargamento do número de membros da Comissão foi uma das recomendações que os chefes de Estado de Governo fizeram no final da 42ª Cimeira da CEDEAO de Yanoussoukro, decisão justificada pela necessidade de tornar a Comissão “mais eficaz e mais funcional”.

Assim, o presidente da Comissão, o Burkinabe Kadre Désiré Ouedraogo, ficou incumbido de propor ao Conselho de Ministros da CEDEAO a ocupação dos novos departamentos, a fim de serem analisados durante a próxima reunião.

Segundo o comunicado final, na próxima cimeira de Chefe de Estado e de Governo estes terão a oportunidade de analisar as propostas de ocupação dos novos departamentos da Comissão da CEDEAO.

-0- PANA CS/IZ 08junho2013

09 Junho 2013 11:16:14




xhtml CSS