Cabo Verde participa via teleconferência em conferência sobre Zika

Praia, Cabo Verde (PANA) – Cabo Verde participou esta terça-feira, via teleconferência, na segunda sessão do Comité de Emergência do Regulamento Sanitário Internacional (RSI 2005) para o vírus Zika e o aumento observado de distúrbios neurológicos e de malformações neonatais por causa dessa infeção transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti.

O Governo cabo-verdiano foi convidado, junto com outros países afetados pelo quadro do controlo das infeções devidas ao Zika, nesse encontro do Comité de Emergência, convocado pela diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, que analisou a gestão dos casos notificados, bem como as dificuldades enfrentadas.

Cabo Verde é o único país na região africana da OMS que regista a transmissão autotóne do vírus do Zika, e, desde o início da epidemia em outubro de 2015 até 21 de fevereiro deste ano, foram registados sete mil 424 casos.

Desde o início dos surtos, em 2015,  já foram notificados casos em mais de 13 países nas Américas, sobretudo no Brasil e na Colômbia, e em África (Cabo Verde).

-0- PANA CS/IZ 08março2016

08 Março 2016 23:18:07


xhtml CSS