Cabo Verde mobiliza investimentos para agricultura através da CEDEAO

Praia- Cabo Verde (PANA) -- Cabo Verde está a participar desde segunda-feira em Dakar, no Senegal, num encontro organizado pela Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África ocidental (CEDEAO) com vista a mobilizar recursos financeiros para a implementação do seu Plano Nacional de Investimento Agrícola (PNIA), avaliado em 100 milhões de dólares americanos, soube a PANA na Praia de fonte oficial.
No encontro, no qual Cabo Verde é representando pelo ministro do Ambiente, Desenvolvimento Rural e Recursos Marinhos, José Maria Veiga, o arquipélago vai apresentar os desafios e as expetativas do país no quadro do PNIA, o processo de elaboração do programa, os mecanismos de financiamento, para além de participar nos painéis a serem apresentados pelos doadores.
O PNIA está incluído no Plano de Desenvolvimento Agrícola da África Ocidental (ECOWWAP/PDDAA), avaliado em 800 milhões de dólares americanos e que envolve os 15 países-membros da CEDEAO.
Os Estados Unidos são um dos parceiros financiadores deste plano que vai ser apoiado também pela Espanha.
Na reunião da capital senegalesa, que se prolonga até 17 deste mês, participam também responsáveis de alto nível do G-20 e de instituições internacionais de financiamento como o Banco Mundial.
O objectivo principal do PNIA em Cabo Verde é a redução da atual taxa da incidência da pobreza no arquipélago, estimada em 26,4 porcento, para metade, ao longo do quinquénio 2010/2015, tendo em vista a ambição do arquipélago em alcançar os Objectivos do Milénio no tocante à redução da pobreza no país.
O plano vai definir como o setor agrícola poderá contribuir para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e de que forma o arquipélago conseguirá reduzir, até 2015, para metade a atual taxa da incidência da pobreza.
Para o efeito, o PNIA vai colocar ênfase na mobilização de mais água para o incremento de culturas irrigadas e no desenvolvimento da pecuária.
O documento foi validado numa mesa redonda com os parceiros de desenvolvimento de Cabo Verde, em Novembro de 2009, e submetido, posteriormente, a financiamento numa Conferência Internacional que decorreu de 12 a 13 do mesmo mês em Abuja (Nigéria), onde foi assinado o pacto de financiamento de projetos e investimentos para a política agrícola na África Ocidental.
Além de Cabo Verde, a CEDEAO agrupa o Benin, o Burkina Faso, a Côte d'Ivoire, o Gana, a Gâmbia, a Guiné-Bissau, a Guiné Conakry, a Libéria, o Mali, o Níger, a Nigéria, o Senegal, a Serra Leoa e o Togo.

14 Junho 2010 18:55:00


xhtml CSS