Cabo Verde mantém 45ª posição no ranking da liberdade de imprensa

Praia- Cabo Verde (PANA) -- Cabo Verde manteve a 45ª posição, a mesma do ano passado, no ranking dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF) sobre a liberdade de imprensa no mundo, soube a PANA quinta-feira de fonte segura.
Com 14 pontos, Cabo Verde situa-se no grupo dos países considerados «bem comportados» pelo RSF no relatório anual que publica sobre o estado da liberdade de imprensa no mundo e que abrange perto de 170 países e territórios.
Este documento, bastante mediatizado a cada aparição, baseia-se em pontos para avaliar a liberdade de imprensa real nos países, passando pelos ataques a jornalistas até às leis dificultando ou limitando essa liberdade.
Há dois anos, Cabo Verde ocupava a 29ª posição no ranking mundial, tendo na altura os RSF dado a entender que a auto-censura, praticada sobretudo nos mídias públicos, o boicote publicitário pelas instituições públicas a certos órgãos comunicação social privados, bem como o monopólio estatal de televisão como factores que tiveram peso na descida do arquipélago nessa classificação.
Entretanto, Cabo Verde já tinha sido considerado no relatório anual da Freedom House, organismo norte-americano que monitora a liberdade no mundo, publicado a 1 de Maio último como um país onde vigora “total de imprensa liberdade”.
No ano transacto, Cabo Verde tinha sido colocado entre os países com liberdade "parcial" de imprensa.
No relatório referente ao ano em curso, a Freedom House considera que a subida de cabo Verde no ranking se deve "à contínua consolidação das tendências democráticas que levaram a uma maior abertura do ambiente em que os mídias operam e a uma diminuição dos casos de intimidação legal e de ataques a jornalistas".

18 Outubro 2007 12:27:00




xhtml CSS