Cabo Verde inaugura Portal do Conhecimento

Praia, Cabo Verde (PANA) - O Portal do Conhecimento de Cabo Verde (PCCV), um ponto único de pesquisa, na Internet, sobre materiais bibliográficos de carácter académico e científico, foi inaugurado esta quarta-feira na cidade da Praia, apurou a PANA no local de fonte oficial.

O PCCV, criado pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência e Inovação (MESCI), coloca à disposição dos internautas teses e dissertações, artigos de revistas científicas, atas de congressos, livros e capítulos de livros bem como fontes de pertinência científica, tais como documentos estratégicos do governo, estatísticas, estudos, planos estratégicos e outros.

O objetivo deste instrumento de conhecimento é também proceder à recolha, à agregação e à indexação de conteúdos científicos em acesso aberto ou livre, provenientes dos repositórios institucionais de ensino superior e outras organizações de I&D do país.

O PCCV pretende ainda resgatar a produção científica sobre Cabo Verde e os Cabo-Verdianos, elaborada no exterior em universidades e centros de investigação e registada no arquipélago cabo-verdiano ou mesmo a que for cedida pelos seus autores.

Fonte do MESCI esclareceu que este projeto enquadra-se no âmbito das políticas e estratégias do Governo para a promoção e fomento da cultura científica, investigativa e tecnológica em Cabo Verde e constitui uma mais-valia não apenas para a sociedade cabo-verdiana, em geral, como também para os universitários, os professores e investigadores, em particular.

Com a instituição do PCCV pretende-se igualmente proporcionar a estes últimos a oportunidade de superarem um dos maiores obstáculos à operacionalização dos projetos de investigação em Cabo Verde que é o acesso à informação.

O MESCI realça ainda que iniciativas deste género são recentes no mundo todo e vêm ganhando fôlego no espaço de língua portuguesa, com Portugal e o Brasil na linha da frente, lançados que foram nesses países os projetos RCAAC e OÁISIS, respetivamente.

“Neste sentido, baseado na filosofia de livre acesso e implementando a estratégia de fazer das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) uma via de acesso ao conhecimento, pretende-se que este portal seja uma referência para as comunidades de investigadores e professores cabo-verdianos, estimulando-os à aprendizagem contínua, ao mesmo tempo que servirá de referência aos PALOP e à lusofonia em geral”, sublinha a fonte governamental.

O PCCV foi desenvolvida em parceria com a Universidade do Minho (Portugal) e o Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (Nosi) de Cabo Verde, tendo tido também a colaboração cooperativa das instituições de ensino superior cabo-verdianas, com as quais o MESCI trabalha “no estímulo e no sentido de dar visibilidade à produção científica nacional”.

-0- PANA CS/DD 28mar2012

28 Março 2012 23:03:33


xhtml CSS