Cabo Verde ganha primeiro Observatório do Género

Praia, Cabo Verde (PANA) – O lançamento do primeiro Observatório do Género marcou quarta-feira, o Dia da Mulher Cabo-verdiana, 27 de março, uma efeméride que assinala a importância da camada feminina no desenvolvimento da sociedade, as suas conquistas e os desafios que ela ainda enfrenta no arquipélago, apurou a PANA na cidade da Praia.

O Observatório do Género em Cabo Verde é o culminar de um processo do Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade do Género (ICIEG) e do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), iniciado em 2011, com o propósito de avaliar a evolução das políticas de igualdade do género no país e a sua postura perante os compromissos assumidos internacionalmente.

O observatório propõe-se assim recolher todos os dados referentes à participação da mulher na vida pública do país, a sua autonomia económica e à participação na luta contra a Violência Baseada no Género (VBG) e na própria saúde.

Para além do lançamento do Observatório, que pode ser acedido gratuitamente através -da Internet, o ICIEG vai dar à estampa o segundo número da revista "Mulheres e Homens, Factos e Números", uma publicação que atualiza os dados relativos à problemática do género em Cabo Verde.

Nesta segunda edição, apresenta como novidade dados relativos à emigração, ao acesso a água e saneamento, como também ao aumento de denúncias dos casos de VBG.

Com os dados disponíveis, o ICIEG diz-se melhor preparado para reforçar a implementação das leis, a participação das mulheres na vida pública e tornar transversal a cultura do género no país.

-0-  PANA CS/DD 27março2013




27 Março 2013 23:32:05


xhtml CSS