Cabo Verde executa programa para promover auto-emprego

Praia, Cabo Verde (PANA) - O Governo cabo-verdiano tem em curso um programa de gestão sócio-económica dos jovens com o objetivo de promover o auto-emprego e combater o
desemprego, que atinge 36 porcento da população do arquipélago com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos, anunciou terça-feira a diretora-geral da Juventude, Armanda Prado.

Segundo dados divulgados este ano pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), os 36 porcento dos desempregados fazem parte das 34.327 pessoas desempregadas em Cabo Verde, ou seja, 15,8 porcento dos 217.158 indivíduos ativos no arquipélago.

Falando à agência cabo-verdiana de notícias (Inforpress), Armanda Prado sublinhou que a Direção Geral da Juventude e outros parceiros apoiam vários jovens na implementação de atividades geradoras de rendimento e disponibilizaram, através dos centros de juventude, meios para a criação de condições para ajudar os jovens a nível de formação profissional.

O Dia Internacional da Juventude, celebrado a 12 de agosto, é assinalado este ano sob o tema “Juventude engajamento cívico”, visando alertar que o envolvimento e participação dos jovens é essencial para alcançar o desenvolvimento humano sustentável.

Na sua mensagem alusiva à efeméride, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon,
realçou que o voluntariado é uma forma ideal de “melhorar a sociedade”, sendo que os jovens podem “unir forças” com a ONU na construção e implementação das novas metas de desenvolvimento sustentável.

Ele disse que as ameaças emergentes, o extremismo violento que mudam as condições políticas, a crise económica e as transformações sociais estão a combinar-se para aumentar os desafios que os jovens enfrentam no mundo, sustentado que esta classe está a provar que são “parceiros inestimáveis” e com “soluções significativas” para esses desafios.

“Aplaudo os milhões de jovens que estão protestando pelos direitos e participação, abordando níveis assombrosos de desemprego dos jovens, levantando suas vozes contra a injustiça, e que defendem uma ação global para as pessoas e para o planeta”, notou, durante a sua mensagem para a juventude neste ano que marca o 70º aniversário da Carta das Nações
Unidas e o 20º aniversário do Programa de Ação Mundial para a Juventude.

A 17 de dezembro de 1999, na sua resolução 54/120, a Assembleia Geral das Nações Unidas  aprovou a recomendação feita pela Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude realizada em Lisboa (Portugal) de 8 a 12 de agosto de 1998, para que 12 de agosto seja declarado Dia Internacional da Juventude.

-0-  PANA  CS/TON 12 ago 2015

12 Agosto 2015 15:46:06


xhtml CSS