Cabo Verde com taxa de prevalência de VIH/Sida de 0,2 porcento

Praia, Cabo Verde (PANA) - Cabo Verde continua a ser um dos países com menor taxa de prevalência do HIV/Sida com 0,2 porcento em 2012 (menos de mil casos), sendo o menos atingido entre os Estados lusófonos.

Segundo o mais recente relatório do Programa das Nações Unidas sobre VIH/Sida (ONUSIDA), divulgado esta segunda-feira, o arquipélago cabo-verdiano evoluiu de mil e 300 casos (0,5 porcento), em 2001, para menos de mil em 2012.

As estimativas das Nações Unidas indicam que, em média, surgiram dois milhões e 500 mil  novos casos de sida em todo o mundo, existindo atualmente no mundo inteiro 34 milhões de seropositivos, cuja maioria na África Subsariana, tendo-se registado cerca de um milhão e 700 mil mortes relacionadas com a doença.

O relatório do ONUSIDA dá conta que, globalmente, nos últimos dois anos, houve um aumento de 63 porcento no acesso dos infetados a antirretrovirais e as mortes relacionadas com a doença, também de uma forma global, diminuíram 25 porcento entre 2005 e 2011.

-0- PANA  CS/DD 23set2013

23 Setembro 2013 20:46:23


xhtml CSS