Cabo Verde aposta em parceria com Cuba para produção de medicamentos

Praia, Cabo Verde (PANA) - Cabo Verde quer estabelecer parcerias comerciais e industriais com Cuba que permitam a produção de medicamentos a partir do arquipélago na perspetiva de colocar os produtos no mercado dos países vizinhos da África Ocidental, apurou a PANA, sábado, na cidade da Praia, de fonte oficial.

A perspetiva de trabalhar com Cuba para o estabelecimento de uma cooperação entre os dois países na economia de Saúde figura como um dos pontos da agenda da visita  que a ministra cabo-verdiana adjunta e da Saúde realiza a àquele país da América Latina, a convite do ministro cubano de Saúde Pública, Roberto Morales Ojeda.

Durante a visita, que se prolonga até 23 deste mês, a governante promete abordar com as autoridades locais vários itens na expectativa de dar um salto na cooperação com Cuba, país com o qual Cabo Verde conta para suprir algumas falhas em termos de especialidades médicas para uma maior celeridade nas respostas às necessidades.

Cristina Fontes Lima reconhece que tem havido abertura de Cuba para ajudar Cabo Verde a desenvolver o setor da saúde, razão pela qual espera trazer desta sua viagem uma resposta positiva quanto às preocupações que leva em carteira.

A visita tem ainda como propósito assinalar os 40 anos de uma relação “muito profícua” em matéria de cooperação no domínio da saúde entre os dois países.

A governante cabo-verdiana vai, nessa ocasião, patentear o reconhecimento de Cabo Verde pela contribuição relevante prestada por Cuba no setor da saúde.

Neste sentido, ela irá participar na cerimónia de entrega da Medalha do Primeiro Grau por Serviços Distintos às Brigadas Médicas cubanas, constituídas por profissionais das mais variadas áreas da saúde,

Trata-se de entidades, que, “desde os primórdios da independência e proclamação do Estado de Cabo Verde, em 1975, têm colaborado com o país em prol da defesa e promoção da saúde pública e bem-estar das famílias cabo-verdianas e do progresso social”.

Em Cuba, a ministra cabo-verdiana irá também participar na “Convenção Cuba Salúd 2015”, onde terá oportunidade de passar em revista os assuntos de cooperação bilateral no setor entre os dois países.

Consta ainda do programa da visita de Cristina Fontes Lima a assinatura de um novo acordo de colaboração na área da Saúde com Cuba e visitas a Serviços de Saúde cubanos.

Ela vai igualmente visitar instituições com interesse em domínios como desenvolvimento do turismo de Saúde, regulamentação e produção de medicamentos, visando a construção de parcerias nessas áreas.

-0 PANA 18abril2015


18 Abril 2015 10:18:48


xhtml CSS