Cabo Verde acolhe fórum internacional sobre alimentação escolar

Praia, Cabo Verde (PANA) - A cidade de Santa Maria, na ilha cabo-verdiana do Sal, vai acolher, de 28 deste mês a 02 de outubro próximo, o XVII Fórum Global Child Nutrition, um evento que vai discutir formas inovadoras de financiar programas de alimentação escolar baseados em nutrição adequada, apurou a PANA, quinta-feira, de fonte da organização.

Organizado conjuntamente pela Fundação Global para a Nutrição Infantil (FGNI), pelo Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PAM) e pelo Governo de Cabo Verde,  o fórum vai reunir representantes de mais de 45 países, num total de 250 participantes.

De acordo com nota da organização, o evento terá ainda como um dos propósitos a assistência a países em desenvolvimento, interessados em iniciar ou expandir programas de alimentação escolar vinculados à agricultura familiar.

Segundo o documento, a escolha de Cabo Verde para acolher o fórum este ano deve-se ao facto de o país já ter feito “a transição do Projeto de Assistência às Cantinas Escolares”, executado e financiado pelo Programa Alimentar Mundial para o Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Neste sentido, o arquipélago irá  partilhar a sua “bem-sucedida experiência” de alimentação escolar com participantes neste fórum que, desde 1997, reúne, anualmente, líderes de países em desenvolvimento para treinamento intensivo, assistência técnica e planeamento para a criação, implementação e avaliação de programas nacionais e sustentáveis de alimentação escolar.

Neste sentido, o Fórum Global Child Nutrition elege como principal tema o financiamento inovador, baseado em programas de nutrição e alimentação escolares, com especial atenção à sua sustentabilidade.

A cada ano o fórum é realizado num país diferente, sendo que este ano a escolha de Cabo Verde vai proporcionar aos participantes a oportunidade de visitar escolas locais e os programas em ação que são implementados pelo Fundo Cabo-verdiano de Ação Social Escolar (FICASE).

“Ao compartilhar ideias, experiências e desafios, tem-se criado uma aliança informal no mundo, dedicada ao desenvolvimento da alimentação escolar. Como resultado, o fórum tornou-se num catalisador global para o desenvolvimento da alimentação escolar”, precisa a  Fundação Global para a Nutrição Infantil.

Esta fundação foi criada em 2006, com a missão de expandir as oportunidades para as crianças do mundo receberem uma nutrição adequada para o aprendizado, e deste modo atingirem o seu potencial.

É nesta medida que a Fundação se dedica a ajudar os países a desenvolverem e operarem as escolas para que elas sejam bem-sucedidas e sustentáveis, no tocante aos programas de alimentação.  

Este apoio traduz-se, nomeadamente, no treinamento visanddo o desenvolvimento da escola de base comunitária de programas que respondem às necessidades nutricionais das crianças, tendo em conta os valores culturais e as comunidades locais.

“O FGNI parte do pressuposto de que programas de alimentação escolar sustentáveis impactam positivamente a nutrição, fortalecem a agricultura familiar e, portanto, contribuem para que os países atinjam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, aponta o documento.

Os últimos foros sobre alimentação escolar tiveram lugar nos Estados Unidos, no Gana, na África do Sul, no Quénia, na Etiópia e no Brasil.

-0- PANA CS/IZ 24set2015


24 Setembro 2015 11:40:24


xhtml CSS