Cabo Verde acolhe formação em matéria de gestão e resposta a situações de desastres

Praia, Cabo Verde (PANA) - Um seminário designado Iniciativa para a preparação para desatres bna África Ocidental (WADOI, sigla em inglês) inicia-se esta segunda-feira na cidade da Praia, apurou a OANA defonte segura.

Profissionais do sistema de proteção civil, bombeiros, pessoal médico, das Forças Armadas e da Cruz Vermelha são esperados neste fórum que terminará a 24 de fevereiro corrente, disse a fonte.

Esta formação, que resulta de uma parceria entre o Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros de Cabo Verde, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e o Instituto Kofi Annan, é apoiado pelo Programa de Preparação de Desastres da AFRICOM  (Comando dos Estados Unidos para a África).

O seminário, que também é suportado pelo Centro de Medicina de Desastres e Assistência Humanitária (CDHAM), tem por objetivo reforçar a capacidade do país em matéria de gestão, coordenação e resposta interna e regional, bem como o sistema da proteção civil face a situações calamitosasde desastres, epidemias e pandemias.

Trata-se de uma iniciativa que tem como base o Plano de Ação da Redução de Riscos de Desastres da CEDEAO referente ao período 2015-2030, o qual tem como propósito materializar em Cabo Verde um projeto para reforçar a capacidade interna na gestão de catástrofes, de modo a que todos os países da sub-região oeste-africana sejam capazes de trabalhar na mesma plataforma.

Tudo isso, sublinha uma fonte do Governo cabo-verdiano, para que os países da CEDEAO tenham os mesmos procedimentos, podendo desta forma apoiar-se mutuamente, tanto a nível regional como sub-regional, sobretudo em casos de pandemias como a Ébola.

Durante a formação serão abordadas as diferenças de respostas nestas situações adversas e de pandemias e, especificamente, discutidas questões relacionadas com os planos nacionais contra a Ebola e o Zika.

-0- PANA CS/DD 13fev2017

13 Fevereiro 2017 13:03:57


xhtml CSS