COREP prepara 10ª Cimeira da UA em Addis Abeba

Addis Abeba- Etiópia (PANA) -- O Comité dos Representantes Permanentes dos Estados membros da União Africana (COREP) iniciou os seus trabalhos sexta-feira em Addis Abeba, capital da Etiópia, para preparar a 10ª Cimeira da organização panafricana dedicada ao desenvolvimento industrial em África.
Os participantes abordarão questões orçamentais, as contribuições dos Estados membros e o problema de contratação do pessoal da Comissão da UA.
Sobre estas questões, os peritos da União Africana (UA) já elaboraram recomendações precisas.
O Sub-comité das Contribuições pediu ao COREP para aplicar sanções contra nove países que totalizam contribuições em atraso de mais de dois anos.
Ele propôs igualmente a prorrogação da exoneração tempória concedida à Serra Leoa e ao Burundi que decidiram pagar as suas dívidas.
O COREP é chamado a pronunciar-se sobre o projecto de orçamento de 2008 fixado pelo Sub-comité Consultivo sobre as Questões Administrativas, Financeiras e Orçamentais.
Os peritos da UA procederam a reduções importantes nas propostas orçamentais formuladas pelos órgãos da organização, ao propor um crescimento zero para o orçamento de 2008 em relação aos créditos abertos em 2007.
A situação dos refugiados, dos repatriados e das pessoas deslocadas em África será examinada na base em relatórios feitos pela Comissão e pelo Sub-comité do COREP encarregue do assunto.
No plano económico, será elaborado o balanço das diversas parcerias estratégicas estabelecidas pela UA, sobretudo com o Japão (TCAD IV), com a China, com a América Latina, com a Índia e com a Turquia.
A parceria entre África e a União União (UE) será alvo de intensas discussões através dos relatórios do II Fórum dos Negócios das duas partes, bem como os Acordos de Parceria Económica (APE).
Outras questões, não menos importantes, tais como a aplicação da Declaração Solene sobre a Igualdade do Género em África e a proposta do Senegal a favor da participação, na qualidade de observadora, da Diáspora nas Assembleias dos chefes de Estado e de Governo UA, serão igualmente debatidas no Comité dos Representantes Permanentes, no termo do qual propostas serão formuladas para ser submetidas ao Conselho Executivo, órgão integrado pelos ministros dos Negócios Estrangeiros que se reunirá domingo.
As decisões do COREP são recomendações até à sua adopção pelo Conselho Executivo.
Ele tem como objectivo falicitar a comunicação entre a Comissão e os Estados membros, supervisionar as actividades da Comissão, facilitar a acção e apoiar o Conselho Executivo no exercício dos seus poderes e das suas atribuições.

25 Janeiro 2008 13:28:00




xhtml CSS