CEN-SAD solidariza-se com povo togolês

Tripoli- Líbia (PANA) -- A Comunidade dos Estados Sahelo-Sarianos (CEN-SAD) declarou domingo, após o falecimento sábado à noite em Lomé do Presidente togolês, Gnasingbé Eyadéma, que "partilha as dores e a tistreza do povo togolês".
"A CEN-SAD perdeu, com a morte de Eyadéma, um membro do Conselho da Presidência deste agrupamento regional africano que tinha demonstrado desde a adesão do Togo à Comunidade um forte engajamento na defesa dos objectivos da CEN-SAD para a realização da paz e do desenvolvimento", indica um comunicado distribuído em Tripoli.
Na nota, o Secretariado Geral da CEN-SAD apresenta, por outro lado, as suas condolências ao povo e ao governo togolês assim como à família enlutada.
A Comunidade expressou "a esperança de ver prosseguir e reforçar o grande papel que desempenhou o defunto Presidente para que o Togo continue a assumir plenamente o seu papel no seio da CEN-SAD e da União Africana (UA) num clima de estabilida de política e social".

07 février 2005 11:50:00




xhtml CSS