CEDEAO institui outro prémio para FESPACO

Abuja, Nigéria (PANA) - A Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) instituiu o prémio do Melhor Produtor de Filme como um novo galardão para o Festival Pan-africano de Televisão e Filme de Ouagadougou (FESPACO), cuja edição deste ano arrancou a 28 de fevereiro na capital do Burkina Faso.

A Comissão indicou num comunicado transmitido quarta-feira à PANA que a CEDEAO é um parceiro principal do FESPACO desde 1993.

O valor do prémio para o Melhor Produtor de Filme é de 10 milhões de francos CFA (17 mil dólares americanos) e vem depois do Prémio da Integração avaliado em 15 milhões de francos CFA (25 mil e 500 dólares americanos) instituído pela organização regional em 2009.

O presidente da Comissão da CEDEAO, Kadré Désiré Ouédraogo, que vai pessoalmente entregar os prémios e os troféus que o acompanham durante a cerimónia de encerramento da 24ª edição do festival do cinema, a 7 de março de 2015, qualificou este evento bianual de o mais importante do seu género, destinado aos filmes produzidos por cineastas africanos.

Uma delegação da CEDEAO liderada pelo diretor da Educação e Cultura, Abdoulaye Maga, já está em Ouagadougou para tomar os contactos necessários com os organizadores do FESPACO para lhe garantir o sucesso.

Para a edição do FESPACO 2015, cerca de 134 filmes já foram selecionados para serem projetados dos 720 recebidos pelo comité de seleção, dos quais 20 provenientes de 17 países e candidatos ao prestigioso Prémio Yennenga, a mais alta distinção do FESPACO.

O FESPACO deste ano decorre sob lema "Cinema Africano, Produção e Distribuição na Era Digital", para salientar a evolução tecnológica em resposta às preocupações dos cineastas profissionais e a necessidade de integrar as obras da diáspora africana.

-0- PANA SEG/ASA/TBM/SOC/MAR/IZ 05março2015

05 Março 2015 16:40:14




xhtml CSS