CEDEAO festeja 36º aniversário

Dakar, Senegal (PANA) – Trinta e seis anos depois da sua criação, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) congratula-se pelo seu balanço, segundo um comunicado enviado à PANA em Dakar.

« Quando nascia a CEDEAO, há 36 anos, poucos profetizavam uma chance de sucessos », nota o comunicado.

« Mas, graças à sabedoria e à visão dos pais fundadores, à firme determinação e ao compromisso dos que acreditavam no projeto da CEDEAO, a institução continua a registrar resultados notáveis », sublinha.

« Uma avaliação objetiva mostra que a organização ocupa um lugar de escolha no mundo enquanto órgão viável dinâmico de integração regional e tornou-se um modelo para África », indica o comunicado, afirmando que "a CEDEAO não para de ganhar e de desfrutar da estima, da boa vontade e do apoio dum número cada vez maior de parceiros internacionais de desenvolvimento".

O comunicado lembra que os cinco grandes pilares sobre os quais reposa a agenda da comunidade são a paz e a segurança, a harmonização das políticas, a promoção do comércio e do investimento, o desenvolvimento das infraestruturas a democracia e a boa governação.

« Uma das principais realizações da CEDEAO é o seu protocolo relativo à livre circulação de pessoas e  bens, ao direito de estabelecimento e de residência que visa facilitar a integração das economias nacionais e das pessoas », acrescenta.

A implantação deste protocolo  resultou na criação do Passaporte da CEDEAO, tendo como objeto último, a criação dum espaço comunitário único onde os cidadãos podem circular, estabelecer-se e fazer negócios em toda liberdade.

Organização intergovernamental criada em 1975, a CEDEAO conta 15 Estados-membros, nomeadamente o Benin, o Burkina Faso, Cabo Verde, a Côte d'Ivoire, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, a Libéria, o Mali, o Níger, a Nigéria, o Senegal, a Serra Leoa e o Togo.

-0- PANA SIL/DIM/TON 06agostot2011

06 Agosto 2011 18:36:12




xhtml CSS