CEDEAO envia equipa de reacção de emergência ao Togo

Lagos- Nigéria (PANA) -- Uma equipa de emergência da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) será enviada ao Togo para avaliar os danos causados pelas inundações devastadoras que deslocaram numerosas pessoas destruindo estradas e pontes, indicou sexta-feira um comunicado deste agrupamento regional divulgado em Lagos.
A equipa de socorristas da CEDEAO que deverá chegar ao Togo no próximo domingo, manterá encontros com as autoridades locais e com responsáveis pela reacção de emergência deste Estado da África Ocidental, segundo a nota.
Durante esta missão de avaliação, a delegação oeste-africana visitará igualmente algumas zonas afectadas para permitir à Comissão da CEDEAO determinar a ajuda necessária a dar e como coordenar o apoio da comunidade internacional, lê-se no documento.
Segundo informações disponíveis, entre as pontes arrastadas pelas águas pluviais figura a que liga o país ao vizinho Burkina Faso.
O presidente da Comissão da CEDEAO, Mohamed Ibn Chambas, endereçou uma carta de simpatia ao Presidente Faure Gnassingbé do Togo na qual explica que a sua instituição recebeu com profunda preocupação a notícia da devastação causada pelas enchentes que deslocaram centenas de pessoas.
"Preocupo-me particularmente com a natureza e extensão das recentes inundações, pois me lembro de uma catástrofe similar que afectou os nossos irmãos congoleses no ano transacto", lê-se na carta.
Chambas prometeu o apoio da sua organização a este país no quadro destes esforços para ajudar os seus cidadãos afectados, indica a mesma fonte.

01 Agosto 2008 20:58:00


xhtml CSS