CEDEAO em busca de mandato da ONU para destituir Laurent Gbagbo

Abuja, Nigéria (PANA) – A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) deu um passo decisivo na sua tentativa de destituir o Presidente ivoiriense cessante, Laurent Gbagbo, ao pedir às Nações Unidas autorização da aplicação imediata das decisões tomadas pelos chefes de Estado africanos em dezembro de 2010 sobre a situação na Côte d’Ivoire.

Este requerimento, contido numa resolução especial adotada pela 39ª cimeira ordinária da CEDEAO encerrada quinta-feira, em Abuja, na Nigéria, significa que eles estão prontos para fazer tudo o que for preciso, incluindo o uso da força, para fazer partir Gbagbo e permitir ao Presidente reconhecido pela comunidade internacional, Alassane Ouattara, assumir a função.

Em duas cimeiras extraordinárias sobre a situação ivoiriense, os dirigentes da CEDEAO decidiram, entre outros, que « se Gbagbo não obedecer à exigência irrevogável da CEDEAO (de abandonar o poder), a Comuniade não terá outra alternativa que tomar outras medidas, das quais o uso da força legítima para fazer respeitar as aspirações do povo ivoiriense".

Eles consideraram que a crise ivoiriense estava a tornar-se numa « emergência humanitária regional » e que chegou o momento de aplicar as decisões tomadas durante as suas cimeiras de emergência « para assegurar a transferência do poder a Alassane Ouattara sem mais tardar".

Eles convidaram a ONU a reforçar a sua missão de manutenção da paz na Côte d’Ivoire (ONUCI) para que ela possa proteger as vidas e os bens, exortaram todos os 15 países-membros da CEDEAO a acreditar os embaixadores e outros representantes de Alassane Ouattara nos seus países e instruíram o Presidente da Comissão da CEDEAO a reforçar a presença da organização na Côte d’Ivoire.

Os chefes de Estado pediram igualmente à União Africana (UA) o envio imediato dum alto representante na Côte d’Ivoire como decidido pelo seu Conselho de Paz e Segurança e a instauração duma equipa de facilitação mista UA/CEDEAO para assegurar a transferência imediata do poder a Ouattara.

-0- PANA SEG/FJG/AAS/SOC/MAR/IZ 25março2011

25 Março 2011 11:00:21




xhtml CSS