CEDEAO determinada a garantir paz e segurança a cidadãos do espaço comunitário

Monrovia, Libéria (PANA) - O presidente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Kadré Désiré Ouédraogo, tranquilizou os cidadãos da comunidade quanto à determinação do bloco regional a fazer da região uma zona de paz regida pelo Estado de direito e pelo respeito pelos direitos humanos.

Falando segunda-feira com refugiados ivoirienses na Libéria, em Zwedru, a capital do Comité de Grand Gedeh, a mais de 450 quilómetros ao sudeste da capital, Monrovia, o presidente Ouédraogo reafirmou o engajamento da Comissão de resolver as crises na região para permitir às pessoas deslocadas regressarem aos seus países de origem em paz.

"Estamos aqui hoje porque vocês são importantes e levamos uma mensagem de solidariedade", disse o presidente da Comissão da CEDEAO aos refugiados, acrescentando que a Comissão trabalha com os Estados membros, líderes regionais bem como parceiros para o restabelecimento da paz em toda região a fim de que as pessoas deslocadas possam voltar às suas casas.

Ele convidou os refugiados a viverem em paz e em harmonia com a comunidade de acolhimento e agradeceu ao povo e ao Governo liberianos a sua generosidade para com os refugiados de outros países também, apesar dos problemas a que a Libéria faz face.

O Presidente Ouédraogo entregou simbolicamente alguns sacos de arroz, ofertados pela sua instituição aos responsáveis dos refugiados, antes da doação oficial de 300 toneladas de arroz ao Governo liberiano destinadas aos mesmos.

A Libéria acolhe mais de 66 mil refugiados ivoirienses, dos quais nove mil em Zwedru, que fugiram do seu país devido à crise pós-eleitoral de 2010.

-0- PANA SEG/FJG/JSG/MAR/DD 19dez2012

19 Dezembro 2012 16:34:26




xhtml CSS