CEDEAO deplora morte de Mandela

Abuja, Nigéria (PANA) - A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) prestou homenagem ao antigo Presidente sul-africano, Nelson Mandela, que ela considera como uma "lenda singular".

Numa mensagem chegada este domingo à PANA, a Comissão da CEDEAO diz acolher a morte de Mandela "com um profundo sentimento de perda e de desolação".

"Dr Mandela, na sua qualidade de líder carismático mundial e ícone internacional da paz e da reconciliação, guiou a África do Sul das cadeias do Apartheid para a democracia multirracial", indica o comunicado que precisa que, apesar da sua longa detenção de 27 anos por ter combatido a autoridade dos brancos, Mandela deixou ao seu país e ao mundo um legado de perdão e de exemplo de liderança sem precedente.

"Depois da morte de Dr Mandela, África e o mundo perderam uma lenda rara, um modelo, um ilustre combatente da liberdade e um homem de paz e de coragem", indica a mensagem, que considera que será difícil substituí-lo e que a maior homenagem à sua memória é imortalizar o seu legado e os princípios de paz e de reconciliação que ele amou, viveu e pelos quais ele sacrificou a sua vida.

-0- PANA MA/ASA/SSB/MAR/IZ 8dez2013

08 Dezembro 2013 14:40:14




xhtml CSS