CEDEAO condena ataques terroristas na Nigéria

Abuja, Nigéria (PANA) - O Presidente em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), o Chefe de Estado senegalês, Macky Sall, condenou firmemente os recentes ataques terroristas perpetrados na Nigéria e que fizeram mais de 150 mortos e vários feridos.

"Nestas dolorosas circunstâncias, o Presidente apresenta as suas sinceras condolências ao Presidente da República Federal da Nigéria, Muhammadu Buhari, bem como ao Governo e ao povo irmão da Nigéria", escreve o Presidente Sall num comunicado divulgado em Dakar.

Ele defendeu uma maior mobilização internacional para pôr termo ao terrorismo e ao extremismo violento.

Sall apelou para a organização urgente duma cimeira conjunta da CEDEAO e da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) em Malabo, na Guiné Equatorial, para elaborar uma estratégia comum contra os grupos terroristas.

Uma força regional sediada no Tchad e dirigida por um Nigeriano deve desdobrar-se até ao fim do mês para reforçar a luta contra o Boko Haram, grupo terrorista nigeriano que comete ataques terroristas de maneira quase diária neste país da África Ocidental nestes últimos tempos.

-0- PANA SEG/NFB/JSG/MAR/TON 07julho2015

07 Julho 2015 22:10:48




xhtml CSS