CEDEAO condena ataque contra base militar no Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) - A Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) condenou com "a maior firmeza" o ataque de sexta-feira contra um destacamento militar burkinabe na fronteira com o Mali, que fez cerca de 15 mortos nas fileiras do Exército.

Num comunicado publicado este sábado em Ouagadougou, o presidente da Comissão da CEDEAO lançou um apelo urgente à comunidade internacional para que sejam reprimidos com o último rigor estes ataque terroristas que semeiam cegamente a morte e a desolação na sub-região.

Sexta-feira de manhã, cerca de 40 indíviduos ainda não identificados, pesadamente armados, atacaram o posto militar de Nassoumba, situado a cerca de 45 quilómetros de Djibo e a cerca de 30 quilómetros da fronteira maliana fazendo cerca de 15 mortos entre soldados destacados no local.

-0- PANA NDT/JSG/MAR/DD 17dez2016

17 december 2016 15:04:28




xhtml CSS