CEDEAO assiste vítimas de inundações na Nigéria

Lagos, Nigéria (PANA) - A Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) ofereceu 382 mil dólares americanos ao Governo nigeriano para ajudar as vítimas das recentes inundações que, segundo as autoridades nacionais, teriam feito 363 mortos e afetou sete milhões e 700 mil pessoas das quais dois milhões e 100 mil  deslocadas.

O cheque deste montante foi entregue pelo presidente da Comissão, Kadre Ouedraogo,  ao ministro nigeriano dos Negócios Estrangeiros, Olugbenga Ashiru, durante uma cerimónia organizada em Abuja, segundo um comunicado da instituição divulgado esta terça-feira.

"Embora nenhuma ajuda, por tão significativa que seja, possa fazer voltar as vítimas à vida, exprimimos a nossa solidariedade e a nossa compaixão", declarou o presidente Ouédraogo.

Segundo ele, dar assistência para reduzir os sofrimentos dos cidadãos da CEDEAO afetados por um desafio humanitário "é a missão fundamental " da Comissão.

O presidente explicou ainda que a Comissão desenvolveu instrumentos apropriados como a Equipa de Resposta de Emergência (EERT) e as Plataformas nacionais sobre os assuntos humanitários para gerir as catástrofes a nível dos Estados-membros desprovidos de meios.

A organização desenvolveu igualmente uma Política de Redução dos Riscos de Catástrofes (DDR) que apresenta algumas recomendações de maneira a prevenir, reduzir e gerir as catástrofes naturais na região.

Na sua resposta, o ministro Ashiru agradeceu à Comissão pelo seu gesto, que ele qualificou de "verdadeira demostração de que somos os pastores dos nossos irmãos e irmãs, no verdadeiro espírito das nossas tradições africanas em que a desgraça de uma pessoa é partilhada por toda a comunidade".

Segundo ele, esta doação vai contribuir para reforçar as medidas tomadas pelo Governo federal e pelos Governos estaduais para reduzir o sofrimento das vítimas das inundações.

-0- PANA SEG/NFB/JSG/MAR/IZ 13nov2012

13 Novembro 2012 15:30:25




xhtml CSS