CEDEAO advoga eleições legislativas pacíficas no Mali

Lagos, Nigéria (PANA) - A missão de observação da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) para as eleições legislativas de domingo próximo no Mali defende  um escrutínio pacífico para consolidar os progressos com vista ao restabelecimento da ordem constitucional e da integridade territorial do país.

O apelo foi lançado pelo chefe desta missão, Amos Sawyer, que chegou quinta-feira a Bamako, onde eexortou os partidos políticos malianos, os eleitores e as outras partes abrangidas a darem novamente prova de maturidade política como o demostraram durante as eleições presidenciais de agosto último.

Ele declarou à imprensa que a CEDEAO dá uma grande importância a estas eleições legislativas e que está determinada a acompanhar o Mali durante o processo que põe termo à sua transição política, facilitada pela organização regional face às crises política e de segurança que o país enfrenta.

"É a razão pela qual estamos aqui porque o que ocorre no Mali afeta todo mundo na nossa região", disse Sawyer que lidera uma missão de 100 observadores da CEDEAO que, segundo disse, serão desdobrados em oito regiões do país.

-0- PANA SEG/NFB/AAS/MAR/DD 22nov2013

22 Novembro 2013 16:14:07




xhtml CSS