CEA preconisa mecanismo regional de controlo da segurança alimentar em África

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – Um alto responsável da Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA) sublinhou a necessidade de se elaborar um mecanismo regional para controlar a situação da segurança alimentar a fim de que medidas apropriadas e oportunas sejam aplicadas para fazer face à crise alimentar em curso.

O responsável da CEA para a Secção Sistemas de Produção Agrícola, Divisão da Segurança Alimentar e Desenvolvimento Sustentável, Adama Coulibaly, exprimiu a sua preocupação em relação ao facto de que África continua a não produzir bastantes alimentos para satisfazer procuras cada vez mais fortes.

Coulibaly falava terça-feira, em Addis-Abeba, durante a apresentação de um documento de discussão sobre « o estado da segurança alimentar em África » no quadro da reunião da Comissão sobre a Segurança Alimentar e Desenvolvimento Sustentável e da Reunião Regional de Aplicação de África (Africa-RIM) para a 20ª sessão da Comissão para um Desenvolvimento Sustentável (CSD-20).

Coulibaly, que constatou que a luta contra a insegurança alimentar em África continua a ser um desafio, disse que sistemas de reservas alimentares estratégicas, devem ser instituídos na região, particularmente nas mais expostas à insegurança alimentar a fim de que as situações de emergência sejam rapida e eficazmente resolvidas.

Segundo ele, « chegou o momento de África tomar medidas e produzir a sua própria alimentação para fazer face a uma procura alimentar crescente ».

A reunião de três dias iniciada segunda-feira está a abordar as principais conclusões da conferência Rio 20 e as suas implicações para África.

-0- PANA MM/VAO/NFB/TBM/FK/IZ 20nov2012

20 Novembro 2012 20:10:26


xhtml CSS