Burkina Faso recruta 14 mil novos agentes públicos

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) - O Governo do Burkina Faso anunciou quinta-feira  o recrutamento, este ano, de 14 mil e 414 novos agentes públicos.

Num relatório, o Ministério do Trabalho precisa que se trata  de quatro mil e 138 agentes recrutados por concursos profissionais, seis mil e 668 por ajuste direto e três mil 608 por novas medidas especiais.

Em 2016, lembre-se, a Função Pública burkinabe já contava com 173 mil  e 17 agentes.

A agitação social observada desde que o presidente Roch Marc Christian Kaboré chegou ao poder, em 2016, forçou a sua equipa a tomar uma série de medidas, incluindo a revisão dos salários.

De acordo com o Ministério da Economia, no Burkina Faso, a relação entre a massa salarial e a receita fiscal, que foi de 47,26 porcento nas previsões definitivas do orçamento de 2017, situou-se em 52,07 porcento, contra 49,49 porcento em 2016 para a norma comunitária da União Económica e Monetária da África Ocidental (UEMOA) de mais de 35 porcento.

Por ocasião do Dia Internacional do Trabalhador, o ministro burkinabe da Função Pública lembrou que, por instruções do primeiro-ministro, o seu departamento tomou as providências necessárias desde fevereiro e continua as consultas com os atores envolvidos com vista a concretização desta visão do chefe de Estado.

Esse desejo de reformular o sistema de remuneração dos agentes  públicos visa controlar a longo do prazo a evolução da despesa salarial para adequar a exigência de uma remuneração justa dos funcionários públicos às necessidades de financiamento dos projetos estruturantes em benefício de todos, acrescentou.

-0- PANA NDT/BEH/DIM/DD/IZ 04maio2018



04 Maio 2018 17:10:16


xhtml CSS