Burkina Faso na 42ª posição em liberdade de imprensa, segundo RSF

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – O Burkina Faso ocupa a 42ª posição em 180 países, na classificação mundial da liberdade da imprensa de 2016, segundo um relatório da Repórteres Sem Fronteiras (RSF)  publicado  a 20 de abril último.

Segundo a RSF, o Burkina Faso representa « um raro exemplo de pluralismo em África », pois o país « não parou de progredir nesta classificação durante os últimos anos ».

Os autores do relatório lembram que o golpe de Estado de meados de setembro de 2015 não registou violações maiores contra a liberdade de informação », acrescentando que o país é também um dos mais dinâmicos de África em matéria de pluralismo quer se trate da imprensa escrita quer da audiovisual.

As autoridades burkinabes, sob a pressão das  organizações profissionais da imprensa, suprimiram as penas privativas de liberdade para os jornalistas, e, em vez da prisão, qualquer órgão de comunicação social que cometer difamação será condenado a uma multa de um milhão  a cinco milhões de francos CFA.

-0- PANA NDT/IS/FK/IZ 20abril2016

20 Abril 2016 20:57:00


xhtml CSS