Bruma seca leva à interrupção de voos domésticos em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) – Vários voos domésticos foram cancelados segunda-feira, em Cabo Verde, por causa da fraca visibilidade provocada pela bruma seca que se faz sentir nos últimos dias no arquipélago, apurou a PANA de fonte meteorológica.

Segundo a fonte, a bruma seca, constituída por poeiras provenientes da costa ocidental africana e que vem afetando nos últimos dias as ilhas de Cabo Verde, levou as duas transportadoras aéreas que operam no arquipélago a cancelar os seu voos.

O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) indicou que a bruma seca, fenómeno que habitualmente afeta o arquipélago por esta altura do ano, cobre todas as ilhas há vários dias e vai continuar nas próximas horas, condicionando a navegação aérea e marítima.

Tanto a Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) como a Binter Cabo Verde cancelaram todos os voos domésticos, com exceção para os com destino às ilhas do Sal e da Boavista.

Os voos cancelados foram os previstos para as ilhas de São Vicente (aeroporto internacional), Maio e São Nicolau (aeródromos).

Sem precisar o número de passageiros afetados, a empresa que administra os aeroportos cabo-verdianos (ASA) avançou que as duas companhias aéreas vão manter os voos para essas ilhas suspensos até as condições do tempo melhorarem.

No entanto, a mesma fonte indicou que não houve alteração nos voos internacionais.

-0- PANA CS/IZ 27dez2016

27 Dezembro 2016 11:52:10


xhtml CSS